Home / Atrações Turísticas / Pontos Turísticos de Mendonza

Pontos Turísticos de Mendonza

Pontos Turísticos de Mendoza

Hoje separamos para você uma lista avantajada de lugares que você não pode deixar de conhecer em Mendonza, Confira:

Pontos Turísticos de Mendoza
Pontos Turísticos de Mendoza

Cerro de La Gloria

Um monumento bem famoso no país é o Cerro de La Gloria, que, aliás, é o mesmo encontrado na nota de cinco pesos. Lá no alto do Monte da Glória fica algumas imagens chamadas de “ Ejército de los Andes” e a imagem que mais chama a tenção é a imagem do General San Martín em seu cavalo. O monumento foi construído em comemoração aos cem anos em que o exército que estava sob o comando do general atravessou a Cordilheira dos Andes com o objetivo de atingir a independência da Argentina. O local conta bastante toda a história e ainda conta com diversos outros monumentos muito bem representados.

Saina que o ponto Cerro de La Gloria fica dentro do Parque General San Martín, portando é bem fácil de ser encontrado. Existem algumas maneiras de chegar lá:

Trilha

Você pode realizar uma trilha a pé caso tenha disposição.

Carro/Ônibus

Outra opção também é a de fazer o percurso no conforto de um carro ou optar por um ônibus panorâmico que costuma sair da Plaza da Independência.

O local oferece uma vista incrível e privilegiada, de lá é possível ter uma vista panorâmica da cidade de Mendoza e sem contar da possibilidade de admirar um belo pôr do sol.

Horário de Visitação: De segunda a Segunda das 9h da manhã ás 17h.

Mercado Central

Quem não adora ir ao mercado hein? É a melhor forma de conhecer as comidas típicas, e a cultura do local. E olha, você vai se surpreender com o Mercado Central da Cidade, vai se perder em meio a tanto sabores. Lá é possível degustar diversas iguarias da região em algumas pequenas lojas, os vendedores são sempre muito solícitos e adoram conhecer os visitantes. Pode ter certeza que este é o melhor lugar para conhecer os pratos mais apreciados do lugar. Você vai adorar e se sentir muito a vontade, o ambiente não tem luxo e é tudo bem simples, e é exatamente isso que conquista os turistas.

Se você é daqueles que não perde a oportunidade de adquirir um souvenir posso afirmar que comida é sempre uma boa opção. No mercado é possível escolher muitas opções de comidas para levar para a casa. Você vai poder escolher dentro muitos vinhos da região, frutas secas, embutidos tradicionais, e presuntos crus, olha vou te contar que vai ser difícil a escolha.

Horário de Funcionamento: De segunda a sábado das 8h da manhã ás 13 horas e das 16h á 19h. Já a praça de alimentação do local funciona das 8 ás 19h.

Endereço: Av España 1210 ou Av. General Las Heras 300, Mendoza

Telefone: +54 261 425-6904

Site: http://www.mercadoc.com.ar/

Museo del Area Fundacional e Ruínas Jesuíticas de São Francisco

Mendoza nasceu no ano de 1561, e sofreu um terremoto devastado exatamente trezentos anos depois, a tragédia acabou com a cidade. A cidade precisou ser reconstruída, por estivo motivo Mendoza reúne esforços para conseguir guardar sua história no Museo del Area Fundacional. O museu é de grande importância, é onde a história da cidade está preservada. Lá, ainda hoje é possível encontrar as escavações que foram feitas nos antigos prédios que foram totalmente soterrados e completamente desfigurados pelo terremoto.

Apesar de todos os estragos a história não se perdeu por completo, a única construção que resistiu aos contratempos e pode ser visitada são as ruínas da Igreja de São Francisco, ela foi erguida por padres jesuítas entre nos anos de 1716 e 1731. O local é considerado como Monumento Histórico Nacional.

Horário de Funcionamento: Funciona de terça á sábado das 8h da manhã ás 20 h, nos domingos das 15h ás 20h e nos feriados das 11 da manhã ás 19h.

Museo del Pasado Cuyano

O museu está localizado dentro de uma casa, esta casa já pertenceu ao ex – governador do estado Don Francisco Civit, a construção já foi declarada como Monumento Histórico Nacional, e hoje é conhecido como o Museu del Pasado Cuyano. O museu conta a história dos moradores de algumas províncias como de La Rioja, San Juan e Mendoza, o todo o conteúdo está espalhado pelos quatro pátios da casa.

Cada pátio é cenário muito bem produzido onde conta toda a vida das pessoas que viveram no século XIX por ali, o período principal em que o museu foca é o período colonial. O local guarda peças importantes como armamentos da época, obras de arte, vestuário histórico e itens de época e inclusive uma sala especial criada em homenagem ao General San Martín. Existem outras salas igualmente especiais como uma sala onde é possível conhecer a história da descoberta e exploração do petróleo na região, um sala com objetos sacros e com peças arqueológicas que fazem parte de descobertas que aconteceram na região.

Horário de Funcionamento: De Segunda a Sexta – feira, das 9h da manhã às 13h.

Museu Histórico General San Martín

Uma coisa que você já deve ter percebido é que General San Martín é muito querido na história da Argentina e está em praticamente todos os pontos importantes da cidade. É muito fácil encontrar esse nome em diversos lugares como em monumentos espalhados pela cidade, nome de lojas, de parques, de praças e de ruas. Mas não é a toa toda essa gratidão do país não viu, ele é considerado o grande libertador da Argentina. Há muitos anos ele estava lutando bravamente seja na Cordilheira dos Andes e em terras Mendocinas buscando a liberdade de seu país. Sempre com o Exército Libertador do ano, San Martín lutou bravamente para alcançar a independência do Peru, do Chile e da Argentina.

Ele ganhou inclusive uma homenagem muito especial, um museu com seu nome, o Museo Histórico General San Martín. Em sua memória ficam guardados alguns de seus objetos pessoais, além de uniformes do Exército Libertados, armas e peças do cenário da época. A rua em que fica o museu foi construída a pedido dele e batizada de Alameda, ela é considerada a rua mais arborizada de Mendoza, apesar do museu ser pequeno vale muito a visita.

Horário de Funcionamento: de Segunda a Sexta – feira, das 10h da manhã às 18h; e aos sábados, das 10h30 da manhã às 13h30.

Parque General San Martín

Um parque lindo que você não pode deixar de conhecer de forma alguma, os próprios nativos de Mendoza freqüentam o parque assiduidamente, praticamente um ponto de encontro que está sempre lotado em especial aos fins de semana. Um ponto que se destaca na cidade com certeza, o parque é gigantesco e chama a atenção de todos que passam por lá. O portão de entrada é bem bonito, um grande e forte portão de ferro dá acesso a um dos lugares mais bonitos da cidade. O espaço todo alcança 400 hectares de puro lazer e beleza, tem diversas praças, chafariz, lago, parque para as crianças, espaços gramados para piqueniques ou churrasco, tem também zoológico, um Museu de Ciências Naturais e Antropológicas, tem também um anfiteatro que onde tem a famosa festa da Vendímia. Tem também um clube de golfe, a Universidade Nacional de Cuyo e o Estádio Provincial Malvinas Argentina.

Pode acreditar, o parque é um lugar perfeito para descanso do corpo e da mente, sempre com um cantinho para meditar, ou simplesmente caminhar pelo parque respirando ar puro. Você também pode locar uma bicicleta na entrada do parque e dar uma volta por lá, pode fazer também um passeio de ônibus panorâmico que parte da Plaza Independencia que percorre todo o parque e ainda te leva até o Cerro de La Gloria.

O parque funciona todos os dias da semana por 24 horas.

Parque Provincial Aconcágua

Quando estiver por lá, não deixe de conhecer o Parque Provincial Aconcágua. Fica no Monte Aconcágua como é mundialmente conhecido, famoso por ser uma das maiores atrações turísticas de Mendoza, e ele fica a 6.962 metros de altitude na Cordilheira dos Andes.

Sentinela de Pedra

Sentinela de Pedra Mendoza
Sentinela de Pedra Mendoza

É tão maravilhoso que parece que toma quase que toda a província. Considerado o ponto mais alto das Américas, por conta disso muitos montanhistas de diversas partes do mundo se encontram por lá. Mas saiba que também é considerada uma das escaladas mais perigosas do mundo todo, ainda assim esportistas querem superar seus limites encarando as altas paredes de gelo da montanha. Mas se você não é fã de passeios muito radicais não se preocupe, pois você pode avistá-lo logo da beira da estrada ou pelo mirante do Parque Provincial Aconcágua.

Informações Importantes

Importante avisar que o Parque Provincial Aconcágua fica fechado boa parte do ano, por conta de suas trilhas extremamente perigosas. Se você quer ter a esperança de encontrar ele funcionando procure visitá-lo entre os meses de novembro e fevereiro, mas é difícil afirmar uma data com precisão já que ela pode variar de ano em ano. Para acessar o mirante a regra é a mesma, se você estiver por lá fora da temporada certamente terá que se contentar em observá-lo da estrada, mas acredite, ainda assim vale muito à pena.

Costuma ser o último ponto a ser visitado dentre os roteiros criados para Mendonza, mas olha, uma parada no Aconcágua é passeio obrigatório.

Tour de Alta Montanha

Ruta Nacional 7, nele o nosso tour de alta montanha vai te levar até a entrada do parque. O que os turistas adoram ver é a grande formação rochosa que fica eternamente coberta por neve.

Paseo Peatonal Sarmiento

Uma opção de passeio que você pode gostar é realizar uma caminhada pelo trecho que faz a ligação da Plaza Independencia até a Avenida San Martíns, são apenas três quadras de passeio que valem à pena, já que é considerado um dos passeios mais bonitos da cidade. Neste trecho, apenas pedestres podem circular por ali, o que torna o passeio muito mais tranqüilo e ajudam a preservar as árvores que fazem sombra e deixam tudo mais bonito. Um passeio de contemplação, onde você pode se sentar nos terraços para observar os moradores e turistas passeando para lá e para cá enquanto você degusta um café acompanhado de tostadas.

O local é estruturado com muitos restaurantes e bares que oferecem mesas espalhadas pela calçada para que você não perca a beleza ao redor. Sempre bastante movimentado, desde manhã até o fim da noite. Por conta disso pode ser que você encontre um pouco de dificuldade de encontrar um lugar para sentar. Muitas atrações nas ruas com música boa, alguns shows bacanas que você vai gostar de assistir.

Não deixe de apreciar os prédios históricos que estão lá complementando todo o cenário:

  • Igreja San Nicolás y Santiago Apóstol (n° 160),

Igreja San Nicolás y Santiago Apóstol Mendoza
Igreja San Nicolás y Santiago Apóstol Mendoza
  • Legislatura Provincial (n° 249),

Legislatura Provincial Mendoza
Legislatura Provincial Mendoza
  • Bolsa de Comércio (n° 165)

Bolsa de Comércio Mendoza
Bolsa de Comércio Mendoza
  • Pasaje San Martín (n° 45);

 Pasaje San Martín Mendoza
Pasaje San Martín Mendoza

Não deixe de entrar para conhecer o lindo vitral que existe na parte interna.

Plaza Independencia

Plaza da Independencia é praticamente um ponto de encontro, por ali os moradores os turistas sempre se encontram por Mendoza.  Localizado bem no centro da cidade, é bem grande e ocupa cerca de quatro quarteirões. Está ai um lugar que você nunca vai ver vazio, o público vai variando ao longo dia. Um cenário espetacular cheio de fontes e bem arborizado, dez minutos por ali lhe rendem muito conhecimento sobre os hábitos e cultura do mendocinos.

A praça é recheada de boas atrações, tem palcos para shows, feira de artesanato, fontes luminosas, tem o Museu Municipal de Arte Moderno, o Teatro Municipal, quiosque com comidas tradicionais, apresentações de teatro e espetáculos musicais são algumas das opções.

Considerada a maior praça da cidade de Mendoza, nos seus arredores você pode visitar outros lugares que ficam a cerca de dois quarteirões de distância partindo de qualquer uma das esquinas da praça. Para relaxar depois de andar bastante pela cidade você pode conhecer as praças de San Martín, España, Itália e Chile.

Puente del Inca

Você não pode perder a oportunidade de conhecer a Puente del Inca, o local mais parece uma obra de arte que deu muito trabalho. Mas pode acreditar, não há influência humana nesta obra de natureza toda trabalhada em tons de ocre. Ela é uma imensa ponte natural que passa sobre o Rio Caves e deixa os turistas de boca aberta. A ponte é tão grandiosa que tem 48 metros de comprimento por 28 metros de largura e impressiona bastante. O local fica a apenas 180Km da cidade de Mendoza, o acesso é feito pela Ruta 7 e leva até um pequeno povoado que ali vive do turismo forte em cima dessa formação geomorfológica. A paisagem consegue ficar ainda mais bonita por ser emoldurada por nada mais nada menos que a Cordilheira dos Andes.

Hoje o povoado tem cerca de 200 habitantes, mas nem sempre foi assim. No século passada houve uma construção de um hotel enorme no local, atraído pela fama das águas termais fez um espaço de terapia que prometia curar doenças. O empreendimento foi um sucesso, acontece que tempos depois houve uma avalanche por lá que acabou com tudo.  O que está de pé até hoje é a capela e as termas, do restante todo virou pó. Hoje em os visitantes ainda encontram as ruínas que acabou virando atração turística e inclusive está sob área de proteção natural da Província de Mendoza.  Para receber os turistas existem diversas barracas de artesanato que oferecem souvenir que são feitos com a formação rochosa da própria ponte.

Para conhecer este lugar, o acesso é pela Ruta Nacional 7 que leva até o Chile. Mas fique tranqüilo, caso você contrate algum tour de alta montanha certamente haverá uma parada por lá.

Puente Picheuta

A Ponte recebeu o título de Lugar “Histórico Nacional” e está longe de ser à toa. Lá no ano de 1817, para chegar a Cordilheira dos Andes, o Exército Libertador, que era na época liderado pelo General San Martín, fez a travessia pela pequena ponte que passa sobre o Rio Picheuta atrás da sonhada independência da Argentina. Hoje é apenas um ponto de visita e não realiza mais travessias.

Considerado Cartão Postal de Mendoza e visita obrigatória pelos turistas do tour de alta montanha. Está localizada a cerca de 21 Km da Vila de Uspallata, o local fica a beira da Ruta Nacional 7, é um ponte pequena feita de pedra e argamassa, a ponte já foi importante ligação entre o Chile e a Argentina. É ponto turístico e histórico, já que foi palco de um dos eventos mais representativos para a história De alguns países.

Ruta Nacional nº 7 – Tour de Alta Montanha

É isso mesmo! O nosso próximo ponto turístico é uma estrada, você não está ficando louco. Embora soe bem estranho, saiba que esse é considerado um dos passeios mais bonitos para se fazer em Mendoza. Neste passeio você não precisa ficar procurando por pontos mais bonitos, simplesmente porque ele está por todos os lados. O passeio consiste em pegar a estrada indo em direção ao Chile, a paisagem do caminho vai ter deixar boquiaberto.

O cenário é composto por paisagens paradisíacas, montanhas multicoloridas que mais parece pinturas, muita neve coroando as montanhas, túneis surpreendentes. Uma estrada cheia de curvas, e com uma paisagem diferente depois de casa curva. Você não vai querer ter esquecido a câmera em casa, portando deixa preparada.

Esse passeio é um clássico, andar pela Ruta Nacional 7 é uma dádiva, já que os principais pontos turísticos da cidade se encontram na beira desta estrada. Não deixe de fazer o “Tour de Alta Montanha” para contemplar a natureza de perto.

Anote os lugares que você deve incluir no roteiro:

  • Cordón del Plata,

  • Vulcões Tupungato e Tupungatito,

  • Lago Potrerillos,

  • Rio Mendoza,

  • Montanha das Sete Cores,

  • Puente del Inca e Picheuta,

  • Teleférico da Estação de Esqui Penitentes,

  • Parque Provincial Aconcágua.

Todos estes pontos são facilmente vistos a partir da estrada. São 200Km de extensão entre Mendoza até a fronteira com o Chile, um visual digno de cartão postal. E claro, ao fundo a imponente Cordilheira dos Andes.

Já deu para perceber que o trecho que liga a Argentina até o Chile é cheia de supresas não é? Então, seguindo essa mesma linha sugerimos que você faça o mesmo com a estrada de Santiago até Mendonza, esqueça o avião e pegue um ônibus, acredite, vai valer muito mais a pena só pelo visual.

Agora se você já chegou à cidade, saiba que diariamente empresas fazem passeios guiados pela região. Caso você opte por realizar, por exemplo, o tour de alta montanha, saiba que o preço gira em torno de 250 pesos por pessoa, e o passeio é feito em grupo. Os táxis também estão aptos a percorrer esta rota.

Rafting no Rio Mendoza

Se você gosta de passeios mais radicais, também podemos sugerir os passeios de rafting. E fazer este esporte por lá só tem vantagens, o passeio é de muita qualidade e por um preço bem amigo. O Rio Mendoza não fica longe da cidade, algo em torno de 1 hora apenas. Com relação ao preço do passeio pode ficar tranqüilo, se for fazer uma comparação com alguns outros países que oferecem o mesmo passeio você pode chegar a pagar de três a quatro vezes o preço de Mendoza.

Preços

Rafting de Um Dia

Se você optar por este passeio vai gastar algo em torno de 350 a 500 pesos.

Rafting Três Dias

Além do passeio pelo rio, você vai poder acampar no caminho e todas as refeições estão inclusas no valor que deve ser consultado.

Todas as opções de pacotes fornecem seu translado, ou seja, a própria empresa de pega no seu hotel e depois de leva de volta ao ponto de partida.

Visitação Ás Vinícolas

Ir para Mendoza e não visitar suas vinícolas é um pecado sem perdão. Saiba que o enoturismo é o principal turismo na cidade. Quando for criar o seu roteiro, precisa obrigatoriamente reservar mais de um dia para visitar as vinícolas do local, visitante que não conhece o vinho de Mendoza se arrepende depois hein! A qualidade dos vinhos de lá são inquestionáveis, sem falar do ambiente romântico das vinícolas, o que torna o passeio especial para casais. Mas fiquem atentos, as vinícolas mais famosas exigem que sejam reservadas com antecedência, mas que podem ser realizadas facilmente através da internet. Mas conheça também as vinícolas menores, elas oferecem um atendimento mais personalizado que vão além da visitação e da famosa degustação das bebidas, elas acabam oferecendo também degustações de azeites, cavalgadas, passeios de bicicletas, piqueniques, harmonização e muito mais.

Almoço Nas Vinícolas

Muitas vinícolas após a visitação oferecem almoço a seus visitantes, a comida claro é acompanhada de deliciosos vinhos que são servidos na mesa. A comida é sempre muito boa, e a variedade de vinhos imensa, e vocês podem degustar quantos quiserem para fazer combinações de pratos. Os vinhos são servidos a vontade, conforme você for pedindo, o ambiente é uma atração a parte.

Cristo Redentor de Los Andes

É claro que você vai querer conhecer o Cristo Redentor de Los Andes como todo bom brasileiro, não é verdade? Ele fica no Paso Uspallata, e faz fronteira com Argentina e Chile. Um passeio com paisagens incríveis e bastante aventura. Você pode acessar pela Ruta Nacional 7 na Vila de Las Cuevos que fica a apenas 200Km de Mendonza, Las Cuevos é a última pequena cidade que pertence a Argentina anterior a fronteira com o Chile. Anote as coordenadas que você deve seguir depois que pegar a estrada de terra lá do lado argentino -32.813876, -70.050261. Se o tempo estiver bom, qualquer carro consegue seguir o passeio. É uma estradinha de terra cheia de cenários incríveis também que segue beirando os Andes.

Passeio No Inverno

Importante saber que durante o inverno este passeio pode não estar disponível, pois devido à neve o acesso fica fechado por segurança. As agências de turismo de Mendoza tem este ponto incluído no roteiro Tour da Alta Montanha, acontece que muitas delas não incluem a subida até o Cristo no roteiro, neste caso você vai precisar contratar um carro na cidade de Las Cuevas, ou alugar um carro ou utilizar seu próprio carro. Mas se tiver nevando, não se arrisque, já que no inverno este trecho fica bem perigoso, já que o chão fica bastante escorregadio, sem contar dos riscos de avalanches. Portanto, procure se informar com os guias antes de se aventurar.

Reserva Natural Villavicencio e Estrada das 365 Curvas

É importante que você se informe com antecedência, pois na maioria das vezes as operadoras de turismo não incluem estes pontos em seus roteiros.

Estrada das 365 Curvas

Saindo da cidade de Mendoza seguindo para a Ruta 52 que é uma boa estrada inclusive está asfaltada até o início da subida, a partir dali começa o percurso de subida até os Andes. Saiba que a famosa Estrada das 365 Curvas é toda de terra, e a estrada leva esse nome por conta de ter infinitas curvas no caminho. Não deixe de curtir a vista que os mirantes oferecem, a vista é linda.

Reserva Natural Villavicencio

Depois de algo em torno de 1 hora de percurso de subida você chegará a Reserva Natural Villavicencio. Tome bastante cuidado durante o percurso e aproveite o cenário em torno, aproveite também para conhecer a fauna selvagem e rica. Na hora de voltar você pode economizar tempo pela Ruta 7, ou curtir a paisagem da volta de novo pela Ruta 52.  Você pode adicionar este passeio ao seu roteiro de retorno do Tour de Alta Montanha que já faz o Cristo dos Andes, Puente del Inca e Aconcágua.

Estação de Esqui de Los Penitentes

Um passeio bacana de fazer em especial durante o inverno. A estação de esqui Los Penitentes está localizada a beira da RN7, anote as coordenadas GPS -32.82479, -69.91129.

Se você tem vontade de aprender a esquiar, é uma ótima oportunidade, já que o preço é bem em conta. A estação tem uma excelente estrutura, embora seja mais simples do que as grandes estações como as da América do Sul Vale Nevado e Bariloche, mas o preço acaba compensando muito. E pertinho de lá fica a estação de esqui Los Puquios, uma ótima opção também, ainda mais simples, mas também mais em conta.

Museu do Vinho em Maipu

Museu do Vinho San Felipe
Museu do Vinho San Felipe

Se você gosta de museu vai adorar este passeio, se você gosta de vinho também vai gostar mais ainda. Não deixe de conhecer o Museu do Vinho San Felipe, ele fica na cidade ao lado que se chama Maipu, mais ou menos 10 Km do centro da cidade de Mendoza. Quem administrar o Museu é a Bodega La Rural, ele fica inclusive denro de sua propriedade, o local é considerado o mais importante neste estilo de toda a América do Sul. O local guarda cerca de 4.500 peças antigas, entre elas algumas carroças, prensas, máquina utilizadas antigamente e diversas outras peças que já foram muito importantes para o crescimento da indústria do vinho na cidade. Você não pode deixar de visitar o Museu, saiba que ele recebe visitas de segunda – feira até sábado a partir das 9 da manhã até ás 17h. Verifique com antecedência e não se esqueça que o museu não funciona em domingos e feriados.

Sobre josi

Olá Pessoal! Eu sou Josi, Administradora por formação e blogueira por paixão, estarei aqui todos os dias com vocês trazendo novidades para o site. Qualquer sugestão é bem vinda! Bem Vindos ao EspacoTurismo.com!

Veja Também

Grande Oeste SC

Grande Oeste

Grande Oeste: Região Turística do Estado de Santa Catarina Vamos conhecer hoje o Grande Oeste …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/guiaturismo/www/blog/wp-includes/functions.php on line 3735

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/guiaturismo/www/blog/wp-includes/functions.php on line 3735